minibits.com.br

Stem Education, Robótica e IoT

Quem somos:

Estamos no mercado de projetos de Robótica e Stem Education desde 1997, desenvolvendo soluções para os desafios contemporâneos da educação. Destaca-se por ser um fabricante nacional de soluções eletrônicas e por desenvolver produtos e serviços específicos para a realidade das escolas brasileiras.

O que é Robótica e Stem Education?

É uma metodologia de ensino que tem como objetivo fomentar no aluno a investigação e materialização dos conceitos aprendidos no conteúdo curricular, através de projetos.

Nossas aulas são baseados na metodologia STEM - S (Ciências) T (Tecnologia) E (Engenharia) e M (Matemática), no movimento MAKER e no conceito DIY (Faça você mesmo).

Vai muito além da construção de projetos e programação de robôs. Proporciona um aprendizado prático que desenvolve no aluno a capacidade de pensar e achar soluções aos desafios propostos. Incentiva o trabalho em grupo, a cooperação, planejamento, pesquisa, tomada de decisões, definição de ações, promove o diálogo e o respeito a diferentes opiniões.

Aulas comuns nunca mais

minibits
minibits

Transforma o processo de ensino e aprendizagem em uma experiência divertida;

Cria argumentação e mecanismos cognitivos para compreender fenômenos.

A solução Construção Criativa possibilita a expressão de sentimentos e ideias por parte dos alunos, encorajando-os a refletir e fortalecer competências do século XXI.

As experiências da vida cotidiana são colocadas em prática nas aulas, aumentando a criatividade e colaboração, colocando a comunicação como a ferramenta chave para lidar com as situações.

Ao contrário do que se pensa, a robótica não prioriza o ensino técnico desta ciência, mas sim, utiliza-a de forma lúdica fazendo com que a criança ou adolescente esteja sempre estimulando o pensar, o agir e o refletir sobre ações cotidianas, elaborando exemplos práticos como solução.

Estimula a possibilidade de integrar percepções sensoriais aliadas ao trabalho com o currículo escolar.

A percepção motora é aguçada quando a criança é estimulada a montar seu próprio sistema robotizado, por meio do encaixe das peças, do manejo preciso em determinados momentos, além da posição do robô frente às problematizações colocadas pelo professor.

O raciocínio lógico é trabalhado no aluno através do projeto, do controle, da programação, da experimentação, da reflexão e da busca por solução de problemas.

A percepção visual é estimulada quando a criança ou adolescente estuda as formas das peças, onde e como estas podem ser usadas, bem como os movimentos que o robô realiza. Há ainda o trabalho com a percepção espacial, uma vez que o estudante trabalha questões relacionadas à lateralidade e estuda a melhor forma de comandar seu robô considerando o espaço disponibilizado.

O aluno planeja, esquematiza, dialoga com seus pares, cria e testa seu mecanismo robotizado. Sua aprendizagem é construída sobre a reflexão do que é feito.

Através deste trabalho em equipe, é possível socializar alunos antes isolados de seus colegas por causa de fatores como timidez, diferenças sociais, desnivelamento escolar, bulling, deficiências físicas ou neurológicas entre outras. Estimulando o respeito, a compreensão e a amizade entre os discentes.

Outro benefício muito visível com o uso da robótica educacional é o aumento da autoestima do aluno, que sente orgulho ao ver que é capaz de construir um robô e resolver problemas. No final da aula, o aluno sente vontade de mostrar para os pais o que ele fez. Este benefício pode ainda ser reforçado quando fotografamos o resultado do trabalho dos alunos, durante e ao final da aula.